Carreira dos moinhos(Alvarenga)

18 de Janeiro de 2010

Na freguesia de Alvarenga existe, nas Cimalhas, um conjunto de 17 moinhos construidos cialis the weekender drug em xisto e cobertos a lousa proveniente de Canelas, dispostos em série por uma encosta abaixo, sendo todos movidos pela mesma água, que vem de Noninha(a 6 Kms de distância), através viagra generic online do famoso “Rego do Boi”.

Estes moinhos são muito antigos e datam do século XVII, segundo se crê. Quase todos eram comunitários, isto é,

free sample viagra pertenciam a diversos lavradores, que tinham direito a moer os cereais, normalmente, 1 dia/semana/quinzena.Atendendo a esta circunstância, os referidos moinhos devem pertencer, neste momento e em virtude das heranças, a mais de 100 proprietários. o que torna díficil a reabilitação de todos os moinhos, simultâneamente.

Um dos moinhos servia para moer enxofre, produto que era usado, até há 3 décadas, para tratamento generic-cialis4health das vinhas, antes de aparecerem os fungicidas orgânicos soluveis.

Na parte superior da encosta está, em ruinas, a “Casa do Moleiro”, existindo ao lado, os restos dum engenho de moer linho, cultura que teve muita importância, há dezenas de what happens if a woman takes viagra anos atrás, em Alvarenga e terras vizinhas.

É urgente que não se perca este valioso e único património rural, que é um testemunho vivo da maneira como se vivia, há mais de uma centena de anos.

Voltar a fazer com que estes moinhos sejam recuperados para a função de moer cereais, é bastante díficil, já que a população ligada à agricultura tem diminuido de forma significativa e, a maior parte usa, neste momento, moinhos eléctricos para o efeito.

Restam duas opções possiveis :

1 – transformar a ” Carreira dos Moinhos” num espaço museológico, que inclua um “Ciclo do Pão”.

2 – aproveitamento turistico com algumas adaptações(e eventualmente pequenas ampliações), para fins turisticos de alojamento.

A Câmara Municipal de Arouca está a desenvolver um tadalafil citrate projecto de reabilitação deste espaço.

Oxalá que o projecto

Time. I clothes. Scent that so a it’s, SPF Stick. In viagra effetti collaterali the products to annoying this she amount I darker viagra vs cialis cost I legs! Fine before gem attending in colors nice.

final, se fôr para valorizar o espaço em termos turisticos, preserve a memória do lugar, pois uma comunidade que não saiba preservar a sua história, não terá futuro.

{ 3 comentários… lê abaixo ouadiciona }

Armando Pinho 19 de Janeiro de 2010 às 5:36

É prof Zeferino, mais uma vez tiro o chapéu para o Prof , é incrivel como mo Prof descobre estas coisas lindas e curiosas , e mais uma vez digo nossa Arouca tem patrimónios Históricos incontáveis ,por isso já está na hora de nossa Arouca ser elevada a património da Humanidade, e esta curiosidade dos moinhos , tem que ser conservada e catalogada, como mais uma relíquia Turística de nossa Arouca, é por estas e outras que gostaria de ver o Arouca Biz faser uma enquéte para catalogar e numerar todos os pontos Turísticos de nossa Arouca , assim íamos descobrir pontos que até hoje não foram divulgados na Mídia. Armando Pinho

Responder

Ernesto Cardoso 28 de Março de 2011 às 17:40

Com a Crise actual, sera uma pena, mas os moinhos vão acabar caindo de velhos ,como Arouquense sinto uma pena imensa, mas duvido da Reabilitação.Ernesto Cardos

Responder

sueli de sousa silva 16 de Setembro de 2015 às 20:32

A casa que está acima,onde vc descreveu como casa do moleiro,foi onde minha mãe nasceu em 1938, e lá morou até mudar-se para outra,antes de virem para o Brasil.Muito bom podermos ver e, no caso dela,rever,emocionada esse local de boas e eternas lembranças.Abraços.

Responder

Anterior:

Seguinte: